dimecres, 8 d’abril de 2020

um dia...

Per mil motius alguns  versos  quan els escoltes et deixen atrapat. Són vivències, o creus que ho són, tan se val, quedes enganxat. A vegades pot ser per la música que les acompanya, ves a saber!

Que m'agrada aquesta fadista, Maria Emília, no és novetat, i encara que hem trigat a parlar del seu cd Casa de Fado, mai és tard. I avui , un dia molt especial, que voldria ser senzill i rutinari, com tants d'altres, us el deixo aqui. La música és del fado que ha esdevingut tradicional "lavava no rio" del mestre Fontes Rocha.

Um dia cheguei-me a ti
Lletra Almeida Santos


Um dia cheguei-me a ti

Almeida Santos / Fontes Rocha *fado lavava no rio*
Repertório de Maria Emília

Um dia cheguei a ti
E na paz com que te vi
A minha voz hesitou
Dessas palavras cansadas
Que me saíam magoadas
O nosso amor acabou

Tu ergueste os olhos negros
Rompeste o meigo sossego / Do sentir, sem protestar
E vi-te silencioso
Perder a calma, orgulhoso / Chegaste a mim a chorar

Conheci minha fraqueza
De sentir esta dureza / De fazer nascer-te a dor
E vi ao longe, em pedaços
A ternura desses laços / Que sustinham nosso amor

Vi então quanto me amavas
Que lágrimas derramavas / Como infantis cristais
Beijei-te as mãos ternamente
Afaguei-te docemente / E não te vi nunca mais


Obrigado sempre ao amigo José Fernandes Castro pelo seu blog fadosdofado

Cap comentari: