diumenge, 26 de febrer de 2012

Norte/Sul (Com uma breve passagem pelo Centro)

Amb aquest títol, trobem als arxius de la RTP aquest vídeo on els veterans João Braga i Maria da Fé, cantan, amb alguns fadistes dels anomenats de nova generació una "desgarrada" amb to de "brincadeira" (divertiment), i amb música de Fado Mouraria, uns versos que volen destacar, els uns el fado de Lisboa i altres el Fado do Porto. Naturalment la breu passejada pel centre, fa referència a Coimbra i al seu particular fado, i aqui Braga i Costa Félix, deixen el Moraria i ens regalen aquesta música especial de Fado Coimbra.
Sempre hi há, entre dues grans ciutats d'un país, alguns frec a frec, cada una destaca el bo que té i intenta demostrar que és millor que l'altra... La sang no arriba al riu, i una vegada més el Fado uneix tot allò que en principi podria ser motiu de discòrdia...
Sempre hem dit que el Fado és "um remédio da alma".



Mafalda Arnauth
Lisboa é como a cigarra / A cantar todo o verão
Tem nas mãos uma guitarra / Um fado no coração.

 Joana Amendoeira
O fado que Lisboa canta / É postiço e afiambrado
Lisboa só tem garganta / O fado do Porto é que é fado.

Gonçalo Salgueiro
O fado do Porto, o que é isso? / Nunca tal ouvi falar
Lisboa é fado castiço / O do Porto é a brincar.

Ana Sofía Varela
Vem da guitarra na mão / Lisboa é como a cigarra
Mas o Porto é uma nação / Tem mais alma e tem mais garra.

Kátia Guerreiro
Lisboa é águia e leão / Mas também é cruz de Cristo
O Porto só tem dragão / Que é animal nunca visto.

 Nuno Guerreiro
Olha bem o azul e o branco / Que é a cor do campeonato
Lisboa fica no banco / Como a pedra no sapato.

 Miguel Capucho
Tantas pedras no sapato / E estádios novos em folha
É preciso muita sorte / Para não acabar tudo à trolha. 

 João Braga (fado Coimbra)
Agora deixem-me entrar / Porque o meu fado é que trina
Quem quiser saber cantar / Tem de passar por Coimbra.

Rodrigo Costa Félix (fado Coimbra)
Coimbra terra de encanto / Fundo mistério é o seu
Chega a ter saudades dela / Quem nunca nela viveu.

Maria da Fé
Quem diz Porto diz Infante / Para quê outros sinais?
Quem diz Porto diz bastante / Não precisa dizer mais.

 Mariza
Da palavra Porto nasce / Outra maior sem igual
Só mais três letras e / Faz-se a palavra Portugal.

 Camané
Outros nomes tem Lisboa / Que são os nossos brasões
Diz-lhe Lisboa e é Pessoa / Diz-lhe Lisboa e é Camões.

 Ana Maria Bobone
Seja sul, centro ou norte / Seja de que lado for
Fado é sempre a mesma sorte / Rima sempre com amor.

 todos
Dizem que o Porto é nação / E Lisboa capital
Bate, bate coração / Nosso fado é Portugal.

3 comentaris:

fernando ha dit...

¡Vaya reunión de estrellas!.Son todos los que están.....ni siquiera me ha sobrado la "loira".
¡Molt bo!

jaume ha dit...

Celebro que t'agradi, a mi quan me'l van ensenyar em va enganxar, i ni la "loira" va conseguir trencar l'encant!
Una abraçada

joluclaro ha dit...

Jaume cada vez te respeito mais Amigo grande promoção do Fado que tu fazes, Obrigado com abraço