diumenge, 12 de juny de 2011

Amália, un cop més

La Susana Lópes, fadista nascuda a Lisboa al barri da Mouraria, viu actualment a Paris des d'on sent, viu i canta el fado fa molts anys. Des del seu blog http://susana-lopes-fado.blogspot.com/ la podreu escoltar.
Susana Lópes
També des d'un altre blog seu Molduras de poemas de fado, ens presenta les lletres i poemes que el fado canta, en un format muito engraçado combinant la lletra, la informació bàsica i la foto del/la fadista sobre un fons suggerent. Doneu-hi un cop d'ull, val molt la pena. Des d'aquest enllaç podeu accedir al blog de moldures dels fados d'Amália.
Américo

El vídeo és una altra dels regals del nostre amic Américo, des del seu perfil Vucarely al Youtube, un niu  de meravelles que no podeu deixar de visitar.

Aquest poema que portem aqui, és d'en Tó Moliças, violista que va acompanyar Amália durant una bona temporada. Canta Carlos Zel amb música de Fado Menor do Porto de José Cavalheiro, i ens transmet l'admiració que sent l'autor per la fadista, una admiració que li va demostrar en vida i que continua fins avui. Com diu el mateix Tó, Amália é uma das três minhas grandes paixões



Obrigado Américo, obrigado Susana por estes presentes, que tanto dignificam o Fado.
Um grande abraço desde Barcelona

5 comentaris:

Américo ha dit...

Caro Jaume, bonito teres postado o saudoso Zel, era um Fadista por todos os póros e um sentimental que se expressava em Fado cantando. Neste belo poema do Tó Moliças, está um grande momento de fado que recordamos com saudade. A Susana Lopes tem feito bonito trabalho com as letras de Fado emolduradas. Para vós o meu abraço. Américo

jaume ha dit...

Caro Américo, finalmente encontrei no lixo os teus comentarios, não sei o motivo de irem pra lá mas foi logo de mudar a estetica do blog... coisas da informática.
Gracias a Susana e suas molduras vi o teu vídeo que me tinha passado desapercebido quando o fizeste. É lindo, o vídeo, o poema e a moldura de Susana, foi por isso que o coloquei no blog.
Um abraço como sempre muito grande! jaume

yolanda de carvalho ha dit...

pessoalmente eu , sempre gostei do Zel, pois considero que com ele o fado acontecia sempre, porque o Zel, era fado, respirava fado. uma lastima que tivesse falecido t-ao cedo. eu conheci-o e digo aqui que pela 1a vez que o ouvi ao vivo, me enamorei da sua voz, porque ele tinha o seu proprio estilo. e tal como ja disse alguma vez, eu só gosto do que é bom, e o Zel era uma grande referencia no fado.!!!

Susana Lopes ha dit...

Boa tarde Jaume, aqui vai uma saudação fadista para alguém de muito especial : TU !
O Fado merede e deve ser dignificado através de grandes fadistas tais como o Carlos Zel (e não só).
Os vídeos do Américo são sempre muito belos e esta aventura de "fados emoldurados" tem-me dado muita alegria.

Um grande abraço para ti e outro para o Américo e a Yolanda♥ e viva o Fado !

Susana Lopes

jaume ha dit...

Muito obrigado pelas tuas palavras querida Susana, e os meus parabéns pelo lindo trabalho que tens feito com as molduras, e também para ti um grande abraço desde Barcelona com todo o meu carinho!
jaume