dimecres, 15 d’agost de 2012

Sou assim

Sou assim és el títol d'un dels CDs que em va regalar i dedicar la Fernanda Moreira durant la seva estada a Barcelona el passat mes de novembre.

Um grito da alma, és el títol de l'altre CD que em va obsequiar aquells dies en quà va cantar al Restaurant Lisboa dels amics José i Luisa.
Dos temes, un de cada Cd per recordar amb afecte aquelles nits de Fado amb la Fernanda Moreira.

O silêncio das palavras

Letra e musica de Nel Garcia


 
Não fales, olha-me nos olhos
Não digas, p'ró mundo não saber
Que o nosso querer é mais forte que a palavra amor
Olha-me nos olhos p'ra só eu entender


O verde é tão verde, luz do teu olhar
Ribeira, com sede, doçura do mar
Oh mundo louco
Tão longe e tão perto um do outro
Havemos de nos encontar


Não fales, olha-me nos olhos
Não digas, pró mundo não saber
Que o nosso querer é mais forte que a palavra amor
Olha-me nos olhos p'ra só eu entender


Silêncio ilusão, gelado é calor
O inverno é verão, o negro tem côr
Bastam teus modos para enfrentar tudo e todos
E deixar vencer o amor.


Grito

 
 Amália / Carlos Gonçalves
Repertório de Amália
Silêncio... do silêncio faço um grito
E o corpo todo me dói, d
eixai-me chorar um pouco

De sombra a sombra há um céu tão recolhido
De sombra a sombra, já lhe perdi o sentido... ó céu

Aqui me falta a luz... aqui me falta uma estrela
Chora-se mais quando se vive atrás dela e
eu
A quem o céu esqueceu, sou a que o mundo perdeu
Só choro agora, que quem morre já não chora

Solidão... que nem mesmo essa é inteira
Há sempre uma companheira, uma profunda amargura

Ai solidão... quem fora escorpião
Ai solidão... e se mordera a cabeça... adeus

Já fui p'ra além da vida, do que já fui tenho sede
Sou sombra triste encostada a uma parede... adeus
Vida que tanto duras, vem morte que tanto tardas
Ai como dói a solidão quase loucura

Letras tiradas do blog fadosdofado 

1 comentari:

Chela ha dit...

Fernanda Moreira tiene unos registros muy dulces que se adaptan muy bien a las obras elegidas, algo más melódicas y menos desgarradas.

Un afectuoso saludo.