dijous, 30 de juny de 2011

Dulce Pontes al Teatre Grec

La presenten com la "reina de la world music", com una de les intèrprets que van contribuir més al renaixament del Fado en la dècada dels noranta. I certament de la Dulce es poden dir moltes coses, i de fet hi ha pel món una bona colla de crítics musicals i d'opinadors, sempre disposats a oferir-nos una definició per enmarcar.
De la Pontes -i m'apunto a fer una bona definició- el millor que puc dir és que ens disposem a escoltar-la sense prejudicis, amb el cap ben net de esteriotips i ens deixem endur per l'art que dur a dins.

Del seu darrer treball  Momentos  podeu escoltar uns curts fragments aqui

Corria l'any 1991, llavors encara miravem el festival de l'Eurovisión... hi havia qualitat. I força. i la Dulce va cantar i ens va meravellar. Diria que va ser una descoberta per a molts. La Dulce sembla d'un altre planeta...

Recordem aquell Lusitania paixão

Composição: José Da Ponte-fred Micaelo/
Fado
Chorar a tristeza bem
Fado adormecer com a dor
Fado só quando a saudade vem
Arrancar do meu passado
Um grande amor
Mas
Não condeno essa paixão
Essa mágoa das palavras
Que a guitarra vai gemendo também
Eu não, eu não pedirei perdão
Quando gozar o pecado
E voltar a dar de mim
Porque eu quero ser feliz
E a desdita não se diz
Não quero o que o fado quer dizer
Fado
Soluçar recordações
Fado
Reviver uma tal dor
Fado
Só quando a saudade vem
Arrancar do meu passado um grande amor
Mas não condeno essa paixão
Essa mágoa das palavras
Que a guitarra vai gemendo também
Eu não, eu não pedirei perdão
Quando gozar o pecado
E voltar a dar de mim
Eu sei desse lado que há em nós
Cheio de alma lusitana
Como a lenda da Severa
Porque eu quero ser feliz
E a desdita não se diz
O fado
Não me faz arrepender



7 comentaris:

Andradarte ha dit...

Uma senhora.....uma voz linda para a
canção e o fado...
Abraço

Chela ha dit...

Escuché los fragmentos del nuevo Cd "Momentos" y es sobresaliente.

Dulce Pontes tiene el alma de Portugal en su voz.Es una de las grandes que hace historía en el fado.

Un abrazo.

jaume ha dit...

Una Senhora e que canta muito bem, sua voz é doutro planeta!!
Obrigado amigos.
Abraço

Fado Sou ha dit...

"Para cantar bem o Fado, não é preciso ter voz...", mas se tiver, como é o caso, e que voz!, também não faz mal ou melhor ainda...
Bjinho
O.

jaume ha dit...

Meu Fado Sou, concordo com você. Por cá dizemos: Por mucho trigo, nunca es mal año!
Abraço fadista e obrigado pelo coment.
jaume

Américo ha dit...

Pois eu também nao faço ideia o porque de escrever e nada aparecer, antes me diz que fica aguardando, estou a tentar mais uma vez, algo se passa ou do meu pc para o teu Blog, ou existe alguma incompatibilidade que nao faço ideia, agora estou escrevendo de outro servidor de internet a ver se chega aí algumma coisa. Um grande abraço, e obrigado por teres passado no KalungaBlog - Américo

jaume ha dit...

Agora sim entrou o teu coment Américo. tem de ser coisa do teu computador, acho eu....
abraço
jaume