divendres, 4 de març de 2011

José Manuel Castro



Coneixia en Zé Manuel Castro gràcies a Youtube en el canal Purofado, molt recomanable, i gràcies també a la bona amiga Yolanda de Carvalho. Em va agradar des del primer moment, segurament per aquest estil tan propi, i també perque em meravella veure que algú pot tocar la guitarra portuguesa i alhora cantar el fado.
Sempre es diu que en el Fado l'estil és allò que confereix segell, marca. No cal imitar ningú i llavors és quan el Fado esdevé veritat, és "quando o Fado acontece".
I amb l'amic Zé, a qui vaig tenir el privilegi de conéixer el passat mes de Desembre, "O Fado acontece" 

Del seu CD aqui dentro do fado, aquest poema de Paco Gonzales "Lisboa Pessoa" i amb unes imatges de Lisboa i del fadista, hem confeccionat aquest vídeo que li dediquem al Zé amb tot l'afecte i amb moltes saudades.

Até breve amigos, vai ser cedo que vamos voltar a nos ver i  partilhar vinho e fados. Obrigado

9 comentaris:

Américo ha dit...

Pois caro Jaume, tens toda a razão do mundo: José Manuel de Castro, é Fadista de corpo inteiro, nossa amiga Yolanda diz de ele maravilhas como pessoa e como colega, além de que gosto imenso sua maneira de interpretar o Fado.Tem muita sensibilidade no cantar assim como ao tocar sua guitarra. Bonito vídeo, e este não é um "pequeno nada", é muito mais do que isso. Um abraço forte amigo Jaume. Américo

yolanda de carvalho ha dit...

grande voz a do ze manel de Castro, eu que trabalho com ele, todos os dias o Ze canta de uma forma diferente dando sempre uma beleza ao fado, que nos sorpreende a todo o momento. este é um grande poema de um homem que já partiu e que tambem era español, ainda que haja passado grande parte da sua vida em portugal, um grande poeta e amigo Paco gonzalez. o video tá lindo. beijinhos desde lisboa

jaume ha dit...

Beijinhos também para ti querida Yolanda, e abraços para os amigos que deixei por cá.
jaume

Chela ha dit...

¡EXCELENTE! Lo he puntuado con 5 estrellas. Es un regalo escuchar la voz de José Manuel Castro, con alma de fadista, mientras mi memoria refresca las estancias en Lisboa, ya lejanas en el tiempo pero que espero poder recuperar.

Es curioso, que cuando mas viajé a Portugal fue con un amigo catalán, además de con una amiga de Vigo. Ahora no tengo las mismas opoortunidades ni las mismas circunstancias para desplazarme.

Un afectuoso saludo.

jaume ha dit...

Es siempre un placer recibir comentarios como los tuyos, es lo que te da ánimos para seguir en esto de divulgar el fado.
Muito obrigado Chela, um beijinho
jaume

CLARISSIMO ha dit...

Olá Amigo Jaume
Obrigado por me dares a conhecer mais esta belissima voz do Fado, se calhar seria uma boa opção para a nova sessão de Fados no Lisboa que te parece, não conhecia e adorei, a voz e o poema.
Bem hajas amigo tenho um orgulho imenso de contar com a tua amizade.
Abração do José Luis Claro

jaume ha dit...

Caro José,obrigado pelas tuas palavras e por teres gostado deste fadista. Acho uma ideia muito boa pensar no Zé Manel para a próxima noite de fados no Lisboa, estou certo que vai dar sucesso.
Vai de volta esse abraço caro amigo.
jaume

Américo ha dit...

Caro Jaume, no dia que recebi este teu post ao Zé Manuel de Castro, nesse mesmo dia, fiz um comentário aqui, que nao sei porque nao te chegou ás maos. Coisas que acontecem.
Sim amigo, gosto muito da maneira e do canto do José Manuel de Castro, além disso sei que é uma excelente pessoa e amigo de seu amigo, e que tem em cada fadista e colega uma admiraçao grande por ele. Ainda nao fiz nada a ele, porque pesquizei e vi que tem muitos vídeos editados já. Este Lisboa Pessoa do saudoso Paco Gonzalez, é um fado dos que gosto muito e o canto em minha casa também, além disso o Zé Manuel de Castro tem uma sensibilidade enorme ao acompanhar-se e nos contracantos que ele trina com sua guitarra. Para ti e para ele. Um grande abraço. Américo

jaume ha dit...

Caro Américo,agradeço as tuaS palavras e concordo em tudo o que dizes do Zé Manel com quem tive a sorte de partilhar uma noite de fados e uns copos de vinho no Vossemecê onde ele toca e canta, só que demorei demasiado em fazer esta pequena homenagem em forma de vídeo, mas afinal consegui fazê-lo como reconhecimento e agradecimento por tudo o que essa noite me deram todos os fadistas da casa. O fado Pessoa é de uma lindeza sem limites e o Zé o canta muito bem.
Vai para ti e tua família um grande, enorme abraço desde Barcelona.
jaume