dilluns, 30 d’agost de 2010

Filipa Cardoso

Confesso no haver sentit cantar la Filipa Cardoso fins aquest any que vaig comprar el seu segon disc "Cumprir o seu Fado", produït per Jorge Fernando, que també és autor de diverses lletres. Va ser el meu amic Vasco Almeida una nit a Bela que em va dir assenyalant la fadista que seia en companyia d'altres fadistes: "Esta sim que canta!"

Aquella nit, però, la Filipa no va cantar i vaig haver d'esperar arribar a casa i escoltar el CD i navegar per la xarxa per comprovar que el meu amic Vasco tenia raó. És bona!


Així que la portem a aquest cantinho amb un fado Tango i um poema de la qual n'és autora.
Há um silêncio entre nós



Há um silêncio entre nós
l.- Filipa Cardoso
m.- Joaquim Campos *fado Tango*
Vivo o nosso amor a sós
e só sei viver assim
há um silêncio entre nós
e eu só oiço a minha voz
pois já não chamas por mim.

A saudade anda cansada
de vestir a solidão
tem a voz amordaçada
de tanto chorar calada
por quem tem meu coração.

Já não dançam as gaivotas
que nos vinham acordar
dançam versos de Pessoa
ao ouvir cantar Lisboa
mesmo a sós se pode amar.

Aqui la fadista en un vídeo de casadofado, un fado Esmeraldinha que canta a la casa de fados Marquês da Sé a Lisboa. És probable que aquesta gravació sigui de l'any 2005, data en que va publicar el seu primer CD d'autor "Fragmento do Fado".

Per cert en aquest enllaç a Fadocravo, podem obtenir les adreces de les cases de fado d'Alfama, una inestimable ajuda gràcies a fadista l'editora del blog

Julguei endoidecer

Tristão da Silva / Júlio Proença *fado esmeraldinha*
Repertório de Carlos ramos
Julguei endoidecer quando partiste
Ficando entre nós dois, funda barreira
Caíu dentro de mim, a noite triste
Feita de sombras negras, sem clareira

Durante dias, fui folha caída
Que o vento vai levando por aí
Fumei, chorei, bebi, mal disse a vida
E desejei morrer, morrer por ti

Morrer por ti eu quiz, porque a saudade
Falou em mim, mais alto que a razão
Não me deixando ver esta verdade
Não és homem que valha esta paixão

Quero voltar á vida que vivi
Quero voltar a ser, tal como outrora
Maldito seja o dia em que te vi
Bendito sejas tu, p'la vida fora

3 comentaris:

Rosa Mª Llopis Cascón ha dit...

Bondia rei, en la fotografia que has possat al blog estàs molt guapo.

petons

jaume ha dit...

Obrigado menina, é tão lindo o lugar que até eu fico lindo!
beijinho
jaume

yolanda de carvalho ha dit...

linda Filipa, que bem que cantas, es otra das que mereciam que o teu fado de pudesse ouvir em todos os cantos do mundo, e hoje estas de parabens, pois foi a marcha popular, em que tu foste madrinha que vençeu , e guardou o 1 lugar Parabens minha linda, que as energias te iluminem e te protejam , jinhos