diumenge, 4 de juliol de 2010

Inês Gonçalves


Una dels deu finalistes del concurs de Fado amador d'Almada, Inês Gonçalves no és en aquest cas la guanyadora, encara que ho hagués pogut ser perfectament, per la seva veu clara, bona dicció i aire fadista. Es va presentar amb dos fados que va cantar en les tres prèvies i la final del passat 24 de Juny a l'Auditório Fernando Lopes Graça.

Amb els mitjans habituals vàrem enregistrar els dos fados; Amor de mel, amor de fel, i Há festa na Mouraria. No eran els millors mitjans, però hem aconsseguit, si més no, poder donar a conéixer des d'aquest "cantinho" aquesta veu que té molt a dir en el món del fado

Així doncs us presentem la Inês Gonçalves, tot esperant tornar a sentir-la cantar ben aviat.




Amor de mel, amor de fel
Amália Rodrigues / Carlos Gonçalves


Tenho um amor que não posso confessar... mas posso chorar
Amor pecado, amor de amor, amor de mel, amor de flor
Amor de fel, amor maior, amor amado

Tenho um amor, amor de dôr, amor maior
Amor chorado em tom menor, em tom menor maior o fado

Choro a chorar tornando maior o mar
Não posso deixar de amar o meu amor em pecado

Fui andorinha que chegou na primavera, eu era quem era
Amor pecado, amor de amor, amor de mel, amor de flor
Amor de fel, amor maior, amor amado

Tenho um amor, amor de dôr, amor maior
Amor chorado em tom menor, em tom menor maior o fado
Choro a chorar tornando maior o mar
Não posso deixar de amar o meu amor em pecado

Fado maior, cantado em tom de menor
Chorando um amor de dôr
Dôr de um bem e mal amado


Há festa na Mouraria *Amália*
Gabriel de Oliveira / Alfredo Duarte *marcha do marceneiro*
Repertório de Amália

Há festa na Mouraria
É dia da procissão
Da Senhora da Saúde;
Até a Rosa Maria
Da Rua do Capelão
Parece que tem virtude

Naquele bairro fadista / Calaram-se as guitarradas
Não se canta nesse dia
Velha tradição bairrista / Vibram no ar badaladas
Há festa na Mouraria

Colchas ricas nas janelas
Pétalas soltas no chão / Almas crentes, povo rude
Anda a fé pelas vielas
É dia da procissão / Da Senhora da Saúde

Após um curto rumor / Profundo silêncio pesa
Por sobre o Largo da Guia
Passa a Virgem no andor / Tudo se ajoelha e reza
Até a Rosa Maria

Como que petrificada / Em fervorosa oração
É tal a sua atitude
Que a Rosa já desfolhada / Da Rua do Capelão
Parece que tem virtude


(letras dos fados tiradas do blog
fadosdofado)

2 comentaris:

Anònim ha dit...

Obrigado pelas palavras bonitas que li sobre a Inês. Estamos tão próximos através do blogue que aproveito para o convidar a conhecer Moura (Baixo Alentejo ) onde também se canta o fado.
A festa de Moura é de 15 a 20 de Julho,uma boa altura para nos visitar.
Céu (mãe da Inês)

jaume ha dit...

Querida Céu,
Obrigado estou eu por ter tido a possibilidade de ouvir ao vivo sua filha Inês de quem tanto me falou a nossa Rita. As palavras que disse são merecidas, pois o jeito que a Inês tem e fadista e nota-se bem que gosta de cantar o fado .

Obrigado pelo convite, mas infelizmente no mês de Julho, vou andar em viagem pelo sul de Espanha, mas vai ser noutra ocasião. Obrigado e um abraço para toda a família.
jaume