diumenge, 6 de setembre de 2009

Manuela Cavaco

"... Eu acho que nasci fadista. Nasci e cresci num bairro à
beira mar, em Montijo, muito perto de Lisboa. Na rua onde eu morava, habitavam muitos pescadores que amanhavam as suas redes na rua e enquanto o faziam, iam cantando o fado. Foi com eles que aprendi a cantar. Nessa altura as rádios passavam muito fado e eu fui aprendendo a gostar cada vez mais, até que comecei a ser convidada para festas de amigos e a assistir a grandes programas com fadistas profissionais. Um dia, numa casa de fados em Lisboa, pedi para cantar um fado e perdi a conta a quantos cantei. Na semana seguinte já fazia parte do elenco dessa casa e nunca mais parei. Surgiram depois convites de outras casas de fado, entre elas o Forte D. Rodrigo em Cascais e a Taberna do Embuçado em Lisboa..."

Aquesta és la introducció que podeu llegir a la web de Manuela Cavaco. aquesta fadista que avui sentirem en un fado clàssic, el Primavera de Pedro Rodrigues amb un poema de David Mourão Ferreira.
Potser per la sana enveja dels meus amics Ofèlia I Américo he posat mans a l'obra per tal de, tot emulant-los, presentar aquest fado en format vídeo.
Ni de bon tros ha quedat per competir amb els que ells fan, però penso que ha quedat prou curiòs per poder publicar-lo.
Al Youtube, podeu sentir més fados d'aquesta fadista que confesso em té enamorat per la seva veu.
Tampoc deixeu de visitar el seu blog a http://fado-meu.blogspot.com/



video

2 comentaris:

Fadista ha dit...

Muito bem! Parabéns, senhor realizador! Pelo vídeo, pelo fado e pela fadista.
E pelos elogios acerca da Tiamacheta, obrigada!...
Bjinho
OP

jaume ha dit...

Muito obrigado mas ainda fica longe o título "realizador" ...ainda "aprendiz"
outro para sim.
jaume