dijous, 3 d’abril de 2008

Publicat a Portal do Fado

Em vaig atrevir a publicar aquest text al Forum Livre del Portal do Fado. Espero que m'hagin disculpat el meu português maldestre.


Re: ESPAÑA / BARCELONA ... - 2008/02/15 02:13 jaume
Utilizador

Curioso

Mensagens: 2

graphgraph


Karma: 0
Clique aqui para ver o perfil deste utilizadorSou catalão. Não sei escrever muito bem o português. E gosto do Fado. Gosto infinito do fado. E fui a ver o "filme" e senti vergonha ao sair. Vergonha e raiva pelo tratamento que fiz o C. Saura, muito provavel por estar mal aconselhado e também porque ele não percebe quando é que o fado acontece.Acho. O "provincianismo" que as autoridades de Lisboa demostram ao encargar a um realizador espanhol um filme sobre fados é duma estupidez que faz rir por não chorar as pessoas com um mínimo da sensibilidade e um bocadinho da cultura. O film é simplesmente qualquer coisa menos um documentario de Fado. O C. Saura não fiz o mesmo tratamento com Flamenco o Tango. Não fiz misturas estranhas. Fiz o que era preceptivo e não ando a brincar. Porqué , então, o fiz com o Fado se ele tinha "assesores". Alguem pode-me explicar que esta a pasar aqui?
C. Saura tem un nome no mundo do cinema. Agora ele fiz un filme "Fados" e o resultado além duma o duas cenas boas, é um film artisticamente mediocre e com um resultado que não gosta ao mundo da fadistagem. Mas como ele tem un nome no mundo, tinha de conseguer um premio. E como la Academia de las Artes .... não sabia qual premio conceder, o fiz a melhor canção original. Já sabemos as bases dos premios, tem de ser uma canção feita para o filme e os premiados são os compositores. Quando ouvi a cançao premiada, eu que não sei nada de fado lembrei-me d'outros poemas cantados com a mesma musica. O poema é inedito, isto é bom, correcto. Mas a musica não é inedita. Corri a procura de informação e confirmei o que achava. Então ¿que coisa pasa com o sr. C. carmo? ¿Acha que esta por cima dos outros fadistas aceitando este premio?
Não sei que esta a pasar, mas eu estou zangado. Zangado com C. Saura com os asesores do film com os politicos que deram os dinheiros para o fazer, com os criticos de cinema que só estaõ a ver as "maravilhas" do Saura que afinal tem Patente de corso para fazer qualquer coisa e ser considerado um "genio", e zangado agora com a Academia que deu este premio e com quem o aceito. Tudo uma troça. Acaso ninguem zangou-se com o tratamento que o film faz de Amália?.
No digo mais nada. Peço perdão pelos muitos erros. Os leitores tem de pensar que há um ano não escrevia nada~em português.
Os meus respeitos ao mundo fadista
O como diz o sr. Zeloso: Nação fadista

Jaume Coy
Barcelona

Mensagem editada por: jaume, em: 2008/03/30 21:11 O administrador desabilitou a escrita neste fórum por utilizadores não registados.