dissabte, 8 de març de 2008

Na Mesa de Frades com a Tânia Oléiro



sou eu, admirado desta voz que vem do fundo do coração. Não conheço o nome do guitarrista.

2 comentaris:

Fadista ha dit...

Já supunha que seria o mais magro!...
Agora, se o vir nos fados, posso ir cumprimentá-lo.

jaume ha dit...

e eu?

Não se esqueça que temos de combinar para ir ao fado.
Obrigado pela sua visita